Cidades Sustentáveis

Cidades Sustentáveis

  • Categoria

    Cocôzap: mapeamento, mobilização e incidência em saneamento em favelas

    É uma iniciativa que criou um canal de denúncia sobre problemas de saneamento na Maré (RJ). Por meio de um aplicativo de comunicação (Whatsapp), moradores fazem queixas sobre problemas enfrentados com saneamento básico. Estas informações são armazenadas em uma base de dados criptografada e posteriormente georreferenciadas em um mapa do bairro, disponível no site do Cocôzap. A tecnologia social aperfeiçoa as estruturas de saneamento existentes, possibilita estratégias de mobilização e participação da comunidade e subsidia políticas públicas em favelas.

  • Categoria

    Maré de direitos

    É metodologia de acesso à justiça e efetivação dos direitos de pessoas moradoras de favelas e territórios periféricos, especialmente aquelas que tenham sido vítimas de violência ou ameaça, dentre as quais destaca-se violências de gênero, contra crianças e adolescentes e minorias, criminal e violência armada, dentre outras.

    A tecnologia prevê um conjunto de estratégias convergentes para a obtenção de resultados individuais, coletivos e estruturantes, como:

    1) atendimento sociojurídico e psicossocial às vítimas de violações de direitos;

    2) articulação institucional e mobilização comunitária;

    3) produção e disseminação de conteúdos; e

    4) incidência política para o aprimoramento das políticas públicas.

  • Categoria

    Codesign entre projetistas do século XXI e pessoas com deficiência visual

    Processos e produtos: é uma iniciativa que define métodos, técnicas e ferramentas de codesign aplicadas a inclusão da pessoa com deficiência visual no processo de projeto de arquitetura, urbanismo, paisagismo e interiores, gerando processos e produtos, com características de inovação incremental e/ou disruptiva.

    A metodologia também auxilia pessoas com deficiência visual a conhecer a cidade, os espaços públicos e garante o direito de ir e vir nas cidades.